Salutis Logo
Acesse seu plano

Resultado que reflete para o seu beneficiário e sua empresa.

Somos especialistas em saúde suplementar, atuamos há mais de 20 anos provendo as melhores soluções para Operadoras de planos de saúde.

Conheça nossos clientes

  • Affix
  • Alumar
  • Banco Central do Brasil
  • CAFAZ
  • Camed
  • CAPESESP
  • Casec
  • Casembrapa
  • CASF
  • Cassi
  • Celpos
  • CONNE
  • Correios
  • Dentalmaster
  • Dentalvida
  • Economus
  • Famed
  • Fassincra
  • Free Life
  • Fundação Fiat
  • Gamec
  • Grupo Jereissati
  • Hospital Unimed Sobral
  • IAPEP
  • INDES
  • ISSEC
  • Liv Saúde
  • M. Dias Branco
  • Mineração Rio do Norte
  • Ministério Público Federal - Procuradoria Geral da República - Secretaria de Administração
  • Odonto System
  • Oni Tecnologia
  • Saúde Caixa
  • Serpro
  • SETIBGE
  • Unafisco Saúde
  • UNIDAS
  • Unimed Cariri
  • Unimed Ceará
  • Unimed Federação Minas
  • Unimed Recife
  • Unimed Sobral

O que fazemos?

  • Administração

    Gestão compartilhada de plano de saúde, adequada à realidade de cada cliente.

    Saiba mais
  • Consultoria

    Serviços especializados nas mais diversas áreas de gestão da operadora de plano de saúde.

    Saiba mais
  • Tecnologia

    Foco exclusivo em Gestão de Operadoras de Plano de Saúde em todo Brasil.

    Saiba mais

Tudo o que você precisa em consultoria, administração e tecnologia em planos de saúde.

Palavra do Cliente

  • Com a contratação da Salutis Administração, a auditoria técnica da Casembrapa ampliou suas ações, agregando a auditoria concorrente e de segurança e qualidade da assistência aos beneficiários. Hoje, temos um monitoramento melhor das internações hospitalares. Além disso, o processo de auditoria de contas hospitalares ganhou agilidade e padronização.

    Dra. Rita Vilanova

    Gerente Técnica da Casembrapa
  • O FAMED está plenamente satisfeito com a operacionalização total pela Salutis, desde 2002. Além da qualidade dos serviços e da competência da empresa, a Salutis atende a todas as nossas necessidades, e nos possibilidade um acompanhamento integral de tudo que acontece no FAMED.

    José Edmar Lima Melo

    Presidente do Fundo de Assistência à Saúde dos Funcionários do BEC
  • O CorreioSaúde é o principal benefício oferecido pela Empresa. Com a parceria com a Salutis dispomos das condições ideais para o desenvolvimento e aprimoramento do nosso sistema de autogestão com eficiência e sustentabilidade.

    José Estevam Tomaz

    Diretor Regional do Ceará - GAB/DR/CE
  • A salutis desde 2002 vem nos assessorando com muita eficiência, dinamismo e inovação. A sua contribuição pra o nosso sucesso é incomensurável! Casec e Salutis, uma parceria que cresce a cada dia!

    Rita Damasceno

    Diretora de Gestão e Saúde da CASEC
  • A parceria da CASEC – Caixa de Assistência à Saúde dos Empregados da CODEVASF com a Salutis vem desde 2002 e tem se mostrado fundamental para a boa administração dos Planos de Saúde por nós oferecidos. Os serviços prestados pela Salutis, quer no atendimento do dia a dia, quer no apoio consultivo e na apresentação de estudos/informações gerenciais, sempre são executados de forma eficiente e adequada.

    Selma Fernandes Rodrigues

    Presidente da CASEC

Notícias

  • ANS reabre cadastramento para novos programas do Promoprev

    As operadoras de planos de saúde já podem voltar a cadastrar novos programas de Promoção da Saúde e Prevenção de Riscos e Doenças (Promoprev) na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que pode ser feito por meio do formulário de cadastramento (FC). Clique aqui para preencher o formulário.

    As operadoras de planos de saúde já podem voltar a cadastrar novos programas de Promoção da Saúde e Prevenção de Riscos e Doenças (Promoprev) na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que pode ser feito por meio do formulário de cadastramento (FC). Clique aqui para preencher o formulário.

    Para cadastrar, é importante realizar leitura atenta dos Critérios de Análise de Formulário de Cadastramento com a descrição correta dos itens do programa. A ANS ressalta que, caso o programa seja cadastrado sem seguir os critérios de análise estabelecidos, a operadora terá a oportunidade de fazer a correção do formulário uma única vez, no prazo de sete dias, assim que for solicitado. Neste caso, os dados serão novamente analisados, sem direito a nova avaliação.

    Para ser considerado aprovado, o programa precisa seguir os critérios pré-definidos pela Agência, tais como possuir uma equipe multidisciplinar, estabelecer e coletar indicadores de processos e de resultados do programa, entre outros. Os programas cadastrados são monitorados anualmente pela ANS.

    As iniciativas de Promoprev cadastradas junto à ANS englobam as áreas de atenção à saúde da criança, saúde do adolescente, do homem, da mulher; do idoso; saúde mental, saúde bucal e saúde da Pessoa com Deficiência Física.

    Para cadastrar, é importante realizar leitura atenta dos Critérios de Análise de Formulário de Cadastramento com a descrição correta dos itens do programa. A ANS ressalta que, caso o programa seja cadastrado sem seguir os critérios de análise estabelecidos, a operadora terá a oportunidade de fazer a correção do formulário uma única vez, no prazo de sete dias, assim que for solicitado. Neste caso, os dados serão novamente analisados, sem direito a nova avaliação.

    Para ser considerado aprovado, o programa precisa seguir os critérios pré-definidos pela Agência, tais como possuir uma equipe multidisciplinar, estabelecer e coletar indicadores de processos e de resultados do programa, entre outros. Os programas cadastrados são monitorados anualmente pela ANS.

    As iniciativas de Promoprev cadastradas junto à ANS englobam as áreas de atenção à saúde da criança, saúde do adolescente, do homem, da mulher; do idoso; saúde mental, saúde bucal e saúde da Pessoa com Deficiência Física.

    As operadoras que desejam apenas informar à ANS que desenvolvem programas de Promoprev, devem preencher o Formulário de Inscrição (FI), informando os dados necessários para a identificação de cada programa desenvolvido. Os programas Inscritos não são submetidos à aprovação da ANS. Acesse o Formulário de Inscrição (FI)

    As informações contidas no FI são usadas pela ANS para fins de estudo e prestação de constas à sociedade.

    Panorama dos programas de Promoprev

    Atualmente existem na ANS, um total de 1154 de programas de Promoprev realizados por operadoras de planos de saúde, sendo 610 deles aprovados pela Agência.

    A relação de todos os programas (cadastrados e informados à Agência) está disponível no site da ANS. Acesse aqui e conheça.

    A gestão de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) é alvo de, aproximadamente, 70% dos programas, que se destinam a contemplar cuidados relacionados a doenças cardiometabólicas, cardiovasculares, cardiorrespiratórias, oncológicas e osteomusculares.

    As operadoras que desejam apenas informar à ANS que desenvolvem programas de Promoprev, devem preencher o Formulário de Inscrição (FI), informando os dados necessários para a identificação de cada programa desenvolvido. Os programas Inscritos não são submetidos à aprovação da ANS. Acesse o Formulário de Inscrição (FI)

    As informações contidas no FI são usadas pela ANS para fins de estudo e prestação de constas à sociedade.

    Panorama dos programas de Promoprev

    Atualmente existem na ANS, um total de 1154 de programas de Promoprev realizados por operadoras de planos de saúde, sendo 610 deles aprovados pela Agência.

    A relação de todos os programas (cadastrados e informados à Agência) está disponível no site da ANS. Acesse aqui e conheça.

    A gestão de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) é alvo de, aproximadamente, 70% dos programas, que se destinam a contemplar cuidados relacionados a doenças cardiometabólicas, cardiovasculares, cardiorrespiratórias, oncológicas e osteomusculares.

    Os programas de Promoprev devem estimular a coordenação do cuidado de seus beneficiários e não somente tratar doenças. Devem prevenir à exposição a fatores de risco e o agravo em saúde, estimular o empoderamento e educação do beneficiário e facilitar sua jornada nos diversos níveis e complexidades de serviços de saúde, em prol da garantia do acesso aos serviços e da melhoria da qualidade de vida deste grupo populacional.

    Os programas de Promoprev devem estimular a coordenação do cuidado de seus beneficiários e não somente tratar doenças. Devem prevenir à exposição a fatores de risco e o agravo em saúde, estimular o empoderamento e educação do beneficiário e facilitar sua jornada nos diversos níveis e complexidades de serviços de saúde, em prol da garantia do acesso aos serviços e da melhoria da qualidade de vida deste grupo populacional.

    O desenvolvimento destes programas visa aperfeiçoar a gestão em saúde a partir da perspectiva do envelhecimento saudável e da melhoria da qualidade de vida dos beneficiários.

    Quer saber mais sobre Saúde Suplementar? Siga a Salutis em todas as nossas redes sociais. Instagram, LinkedIn e YouTube.

    Ninguém cuida melhor da saúde do seu plano.

    Leia mais
  • Entra em vigor o fim dos limites de cobertura de quatro categorias profissionais.

    Entrou em vigor nesta segunda-feira, 1º de agosto de 2022, a decisão da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) de acabar com o limite do número de consultas e sessões com psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e fisioterapeutas. A medida vale para os usuários de planos de saúde regulamentados (contratados após e Lei nº 9.656/1998 ou adaptados à Lei) que tiverem cobertura ambulatorial (consultas e exames) para tratamento de qualquer doença ou condição de saúde.

    A decisão foi tomada em reunião extraordinária da Diretoria Colegiada da Agência realizada em 11/07, com o objetivo de promover a igualdade de direitos aos usuários da saúde suplementar e padronizar o formato dos procedimentos atualmente assegurados, relativos a essas categorias profissionais. Dessa forma, foram excluídas as Diretrizes de Utilização (condições exigidas para determinadas coberturas) para as consultas e sessões com psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e fisioterapeutas, e o atendimento passará a considerar a prescrição do médico assistente.

    Essa foi a 9ª atualização do Rol de Procedimentos apenas em 2022: já foram 24 inclusões de procedimentos entre exames, tratamentos e medicamentos, além de outras atualizações.

    No dia 1º de julho, a ANS já havia tornado obrigatória a cobertura para qualquer método ou técnica indicada pelo profissional de saúde responsável para o tratamento de Transtornos Globais do Desenvolvimento.

    Quer saber mais sobre saúde suplementar? Siga a Salutis nos principais canais de comunicação. Procure por @salutisoficial e fique por dentro.

    Leia mais
  • ANS acaba com limites de cobertura de quatro categorias profissionais.

    Em reunião extraordinária realizada nesta segunda-feira, 11/07, a Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) aprovou o fim da limitação do número de consultas e sessões com psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e fisioterapeutas. A medida vale para os usuários de planos de saúde com qualquer doença ou condição de saúde listada pela Organização Mundial de Saúde, como, por exemplo, paralisia cerebral, síndrome de Down e esquizofrenia.

    A decisão de hoje foi tomada com o objetivo de promover a igualdade de direitos aos usuários da saúde suplementar e padronizar o formato dos procedimentos atualmente assegurados, relativos a essas categorias profissionais. Dessa forma, foram excluídas as Diretrizes de Utilização (condições exigidas para determinadas coberturas) para as consultas e sessões com psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e fisioterapeutas, e o atendimento passará a considerar a prescrição do médico assistente.

    No último dia 1º de julho, a ANS já havia tornado obrigatória a cobertura para qualquer método ou técnica indicada pelo profissional de saúde responsável para o tratamento de Transtornos Globais do Desenvolvimento (saiba mais aqui).

    Com a alteração aprovada hoje, o fim do limite de consultas e sessões com psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e fisioterapeutas passa a ser válido para pacientes com qualquer diagnóstico, de acordo com a indicação do médico assistente.

    A nova resolução normativa será publicada Diário Oficial da União e passará a valer a partir de 1º de agosto de 2022.

    Leia mais